A embaixadora da Aliança, Ana Bacalhau, enviou a seguinte mensagem por ocasião do Dia das Doenças Raras que se avizinha:

Para encontrarmos solução para os problemas que se nos apresentam é preciso que olhemos para o problema em questão, que o conheçamos em profundidade, de onde vem, porque se criou ele, de que moldes é feito, para que o possamos primeiro controlar e depois, eliminar. Imaginem agora o que seria se tivessem de viver com um problema que iria condicionar a vossa vida e não o conseguissem resolver, porque não sabiam de onde vinha, quais os fatores que o criaram, impossibilitando assim a sua resolução. Imaginem que esse problema se tornava no centro da vossa existência e condicionava a vossa vida. Perceberão a força e coragem necessárias para, apesar da sua presença, conseguir colocar um sorriso no rosto e tentar transformar as limitações em pontos de partida para construir algo positivo. É assim todos os dias para os que vivem com uma doença rara. O dia 28 de Fevereiro marca o dia das Doenças Raras. Que não seja raro o nosso contributo para o estudo deste conjunto de doenças e o nosso apoio aos bravos guerreiros que, vivendo com uma doença rara, nunca desistem de a confrontar, combater, sempre com uma indomitável força de viver.

Esta mensagem dá-nos a todos força para continuar a lutar!